Morte de André Gondim

André Gondim, colaborador frequente do BR-Linux e participante-chave da comunidade brasileira do Ubuntu, especialmente da sua equipe de tradução, faleceu hoje aos 24 anos em decorrência de uma longa enfermidade contra a qual lutou ao longo de toda a sua vida.

Após um transplante que fez parte desta longa batalha, ele escreveu em seu blog um post inspirador sob o título sudo aptitude vida nova, que termina com um chamado que se reveste de significado especial quando vindo de um recém-transplantado: “Doe, doe sangue, doe tempo livre, seja doador, seja eterno!”

E esta frase, que traduz muito do comportamento do próprio André, fica aqui como a lembrança e uma mensagem que se pode tirar de um acontecimento tão trágico quanto o falecimento de um jovem em decorrência de uma circunstância tão além do seu controle, e contra a qual lutou durante tantos anos.

Nossas condolências à família do André, na certeza de que ele será sempre lembrado como um exemplo a ser seguido.

Fontes: http://debianmaniaco.blogspot.com e http://sejalivre.org

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s